Posso ser irritante, mas eu te amo

Às vezes eu sou um pouco irritante. Às vezes eu sou muito irritante.

Mas é brincadeira! Da mais ou menos pura piada. (Até quando não tem graça!) Eu amo você e é por isso que gosto de encher seu saco, porque sei que contigo eu posso ser criança quando é hora do recreio e ser adulto quando é hora de falar às máquinas. Sei que contigo posso descarregar as dores, os pesos, as levezas e as alegrias bem como você pode soltar os cachorros, as galinhas, a boiada, a peixarada, o rebanho, os sem banho, as borboletas, as ondas, os horizontes e todas as estrelas do céu. (Os dias de humor irritante também.) Sabe por que? Porque eu confio em você e você responde com reciprocidade à altura. 

Mas nem esta liberdade de fala e coração aberto são eficientes o bastante pra me abastar à saudade. Pra onde eu olho eu enxergo você: olho pra chuva e penso em você; olho pra parede branca e vejo você; olho pra minha cama e lembro de você; olho pro meu travesseiro e nele ainda tento sentir seu cheiro; olho pro espelho e fico te procurando do meu lado; olho pra minha pele e procuro o teu abraço. Sinto sua falta em cada segundo do meu dia, em cada milímetro do meu espaço, em cada partícula do meu corpo, mas meu amor ainda é maior que todos estes quilômetros que botam você lá e eu cá. Afinal, quero ficar contigo pra sempre. (Mesmo que no passado tenha dito, equivocado, que “sempre” é muito tempo. Entretanto, hoje, contigo, o “sempre” ainda não é o suficiente.)

Eu amo você! Meu orgulho de quem você é se debate dentro de mim como uma criança feliz, um pouco antes do imploro: já temos de ir? Agora que a brincadeira começou! Cada declaração de estudo, por mais distante que te deixe de mim, é uma chama que acende com o pensamento “esse homem é demais!”, que harmoniza à Cabernet com a certeza de que escolhi bem o pai dos meus filhos. Como eu disse: eu amo você. Quero que fique bem claro, por isso repito tantas vezes, todos os dias, o tempo todo, incansavelmente, porque é assim que eu te amo: todos os dias, o tempo todo, incansavelmente.

E quando acho que não dá pra amar mais, eu descubro que te amo mais que ontem e menos que amanhã. É romance clássico de plenitude. Shakespeare escrevendo com a didática de Drummond. Romeu&Julieta sem a tragédia finda, mas sim o “felizes para sempre” ao estilo Disney feat. novela das nove. A terna beleza da vida de ter encontrado o amor, de amar e de ser amado em devolução sem reclamação ou reembolso. Abraço, que se dá e se recebe em contiguidade contínua. A inconsequência de estar entregue tem única e fiel consequência: ser feliz (e contigo eu sou).

Hoje eu li a frase que pôs maquinar as caraminholas: você vive ou existe? Eu existo, mas tenho feito mais, tenho vivido. E imagino o quão terrível seja o contraste disto. Minha mãe sempre me fez acreditar na existência do amor. Existe! Cinderela me fez crescer com a ideia de que um dia iria encontrar o tal amor. Encontrei! No trabalho, imaginei que um dia suspiraria pelo amor. Suspiro! Esperei pelo dia em que bradar aos quatro ventos que não sou um romancista romântico não seria exatamente qualidade, tampouco me pertenceria. Chegou! No mestrado, estudamos que a salvação da humanidade é o amor em sua forma simples. Estou salvo! Portanto, eu vivo e vivo com amor, vivo com você.

Por isso, perdoe meus apelidos, minhas piadas sem finais, meus textos ao melodrama, meu jeitinho espevitado, meus dias pé no saco, meu choro bem calado e todas as vezes que te arranquei um ranger de dentes (deste sorriso lindo) por ser irritante. Esqueça às vezes que te chamei de chato (o chato sou eu!, mas ignora o fato) e fica comigo. Mas fica comigo por muito, muito, tantão, infinito. Fica comigo pra sempre! Aliás, devo deixar você decidir, portanto: fica comigo pra (mais que) sempre?

Tomara que diga “sim”, porque você já faz parte de mim e eu já faço parte de você. Somos um par que virou ímpar! E eu estou feliz, muito feliz, em ser ímpar contigo. 12345-67 (em breve). ❤

IMG_2410


Sincero, eu espero,
Gui Morais.
24 anos, publicitário.
Facebook: Sincero, Eu Espero.

Instagram: mr.gmorais.
IMG_1783

Anúncios

Desabafa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s