Dê seu deslike e 1 beijo

Não seja hater, aceite meu conselho. É com carinho que falo.

Como alguns sabem, sou redator publicitário. Uma das minhas tantas funções é fazer o que chamamos de SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) no Facebook das empresas que a agência, da qual eu presto serviços, atende. Nossas páginas são todas muito simpáticas, vestimos a camisa dos ideais de cada empresa, e, naturalmente, respondo as pessoas de forma personalizada.

Eis que surge um novo cliente para a agência: um restaurante vegano. Ótimo! Um super e delicioso desafio. Trabalhamos com amor, com respeito aos animais e com as delícias das comidas do restaurante. Tudo estava bem, até que o drama começou.

Tive a infelicidade de ter de ler “isso é um absurdo”, “pessoas veganas são idiotas”, “vegano=frescura”, “isso é ridículo, seres humanos são carnívoros” (sim, ‘carnívoros‘ foi o que a pessoa disse). Gostaria dizer que “tudo bem, acontece”, mas não está tudo bem.

Sou, como todos os seres-humanos, segundo a ciência, onívoro. E, por isso, fiz a ESCOLHA de comer, sim, carnes. Eu gosto. Mas sei que outras pessoas escolhem uma vida longe de interferir a vida animal. Eu também gosto, respeito, zelo e admiro – inclusive meu namorado não come carne. Mas eu não sou o objeto deste texto. Mas aqueles que gozam de energia em ir a uma página que falam de coisas que eles não se interessam, até discordam, apenas para repudiar.

Não sou dono da verdade, estou longe de ser, mas você também não é. Acontece que, o que vim fazer aqui, é pedir para repensarmos certas ações de nossas vidas. Entendo que algumas páginas no Facebook, bem como diversos perfis, utilizam-se de conteúdo pejorativo, ofensivo e, por vezes, violento. Mas uma empresa que se limita a falar sobre amor, respeito e comidas gostosas (e veganas) realmente não deve ser alvo de haters.

Caso você não seja vegano, e discorda destes valores, faça o seguinte: coma sua carne, numa boa. Ignore a página – dê seu deslike. E, finalmente, vá viver sua vida feliz e tranquila. Que ninguém vai te obrigar a deixar a sua amada carne.

Ilustrei aqui a página vegana, mas quero que reproduzam em seu consciente, este conselho, nas mais diversas situações da vida. Você não precisa concordar com tudo. Tudo não precisa ser do jeito que você julga correto. Seu julgamento é diferente do meu e do vizinho. Então, apenas respeite e vá atrás do que te faz bem. ❤

1 Beijo.

giphy

Entenda a diferença de Ovolacto-vegetariano, vegetariano e vegano:

https://www.youtube.com/watch?v=Beh5w8z1Zs8


Sincero, eu espero,
Gui Morais.
23 anos, publicitário.
YouTube: Sincero, Eu Espero.
Facebook: Sincero, Eu Espero.

Instagram: mr.gmorais.
SnapChat: guimorais04.
Cópia de Perfil

Anúncios

Desabafa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s