A infância está viva! Eu juro, eu vi!

Os gritinhos! Ah! Os gritinhos. Foram ouvidos de longe aqueles gritinho ingênuos da mais pura felicidade. Quem não os ouve não sabe ler o mundo nas entrelinhas e nem nas próprias linhas. Afinal, a evidência dessa felicidade é TAMANHA que o próprio planeta para, entra no mute e fica em slow, de olhos atentos nos…

Você

Essa é pra você, meu amor. Já se sentiu sem ar, como se o oxigênio tivesse extinto e teu pulmão te reivindica pelo seu único e vital instrumento de trabalho? Já se sentiu sem chão, com os pés balançando suspensos no ar? Já se sentiu perdido a ponto de desconhecer até o caminho de casa? É…

O dia em que (quase) morri no voo com meu vô

Que os bancos de aviões são estreitos para certos avantajados, a gente sabe. Mas quando o ser é antiquado, não dá! A boca aberta e o ronco alto, a gente perdoa – quem nunca?!. O braço deitado no meu, a gente perdoa – xinga mentalmente, mas perdoa. Mas colocar a segurança de um voo inteiro…

O dia em que te perdi

Te senti escorrer por entre meus dedos. Te perdi. A casa vazia, o coração também. Meus pensamentos fazem eco nas paredes do meu estômago e a tinta branca está cheia de pés sujos de quando eu sambava deitado apoiando os pés na parede te esperando pra dar boa noite. Sem mais boa noite ou bom dia,…

De repente casado

Era uma noite de quinta. Estava frio lá fora e entramos no shopping. Quis olhar aquela loja de louças bonitas, com coisas importadas, de prata, com nosso nome gravado se pedirmos. Estou montando meu apartamento, eu disse, vai que algo me inspira pra comprar um semelhante no 1,99 depois? As prateleiras reluziam com os inoxs…

Quem caga seus males espanta

Sou constipado! Desde que me entendo por gente assumo o papel de travado da família. Minha mãe é uma boa fã de mamão e jamais sofrerá de constipação, viva ao mamão! Eu, no entanto, sou a vergonha, o que fica dias sem ir ao banheiro. Quando vai, por sua vez, demanda horas de concentração e…

Inundei e não sei nadar

Estou longe da Costa e de costas pra vida. Meu coração levou tanta surra que está com hematoma permanente. Minhas angústias são traduzidas em tristezas que vão inundando e escoando e me fazendo inchar, derreter, desmanchar, vazar pelo ralo da vida e submergir em mim mesmo a ponto de transbordar em lágrimas de quem já…

Preparem-se: gozo no cangote é a nova tendência para o verão 2017!

Don’t touch, it’s gozo! Que as gozadas do Senado na nossa cara estava liberado a gente já sabia, mas agora a moda é outra, é no cangote, em transporte coletivo. Coloquem seus paus para fora e façam seu trabalho em público, a exposição da obra fica a encargo do pescoço alheio. É arte contemporânea. Da…

Eu ouvi, foi um tiro

Foi um tiro! Eu ouvi, foi um tiro! Estamos no campo de concentração. Gritaram cessar fogo, mas estamos invalidados, transparentes, inexistentes, correndo sozinhos, em câmera lenta, sentindo o fogo do sol, o gelo do vento, o fogo das armas, o gelo dos homens fardados e armados. É guerra quente rolando. É canhão, é metralhadora, é…

Ainda me lanço nessa noite fria

Eu prometi pra mim mesmo, de dedos cruzados e coração apertado, que este não seria pra você, mas pra minha nova musa inspiradora: a vista da minha sacada. Eu aqui, ela lá, em sua quietude plena. A chuva estalando no asfalto molhado, que reflete as luzes das estrelas da noite clara, que briga por um…

Já inventaram nome pro medo do novo?

O súbito me incomoda, desregula. Minha órbita dispensa a organização estabelecida, entra em parafuso, pane, sai sem dizer pra onde vai e quando volta. Odeio o de repente. De repente ele disse. De repente ele fez. De repente morreu. Tudo volta ao normal, menos eu. Meu humor morre junto da rotina. Tudo fica quente, abafado,…

Posso pedir pra você ficar?

Queria ter o direito de pedir pra você ficar. Queria não saber da importância do ir, da necessidade do ir, do infortúnio dever de ir. Queria ser imaturo, chato, inflexível, abusivo, petulante, arrogante, egoísta e chacoalhar seu montante pelo colarinho e pedir que fique: ou lá ou eu, diria, você escolhe, diria, depende de você,…